15 outubro, 2011

o que dizem os teus olhos...

O que dizem os teus olhos que esboço na tela
Com lápis de carvão em contornos suaves
O que dizem os teus olhos todas as manhãs
Quando olham o amanhecer e abraçam o sonho
O que dizem os teus olhos no silêncio da noite
E se cruzam com os meus na emoção do momento
O que dizem os teus olhos quando vagueiam perdidos
E pedem em silêncio um abraço que não abraça
O que dizem os teus olhos quando frios e ausentes
Não procuram os meus e não sorriem
Gélidos me olham com distância e vagueiam
No cair da noite olham o mar e gritam em silêncio
No anoitecer de cada dia e que traço na tela da vida.
O que dizem os teus olhos, que um dia foram os meus...

Um abraço tulipa