30 agosto, 2011

uma lágrima...


Uma lágrima…

Pelo beijo que não sei se voltarei a dar
Pelo afago que sufoquei tantas vezes
Pelos sonhos que tive sozinha
Pelo encontro que não saberei se terei
Pelo sonho que sinto a fugir
Pelo sonho que não tens coragem de sonhar.

Uma lágrima...

Pela aliança que não coloquei
Pelo olhar que talvez não volte a cruzar
Pela valsa que não dancei
Pela música que será sempre nossa
Pela mão  que estás a deixar fugir
Pela frieza que sinto na tua voz
Pela dança que tu e eu não dançámos
Pela música que não escutámos.

Uma lágrima...

Pela espera, pelo sonho desfeito
Pela espera da vida...sem vida
Pelo ápice do fim...sem fim

Uma lágrima,

Por tudo que queria viver e não vivi…
Pelo amor que te tenho e que sinto
Que estás a deixar escapar

Uma lágrima,
Por não podermos ter um caminho comum.

8 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida

Junto a minha lágrima à tua...a minha alma sentindo cada palavra como se fosse minha.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

elvira carvalho disse...

Tão triste amiga. Lágrimas fazem parte da vida. Por cada uma derramada há dois sorrisos à espreita. Não pense no que não viveu e sim no que ainda pode viver. Quem chora o passado não vive o presente nem sonha o futuro.
Um abraço e tenha um bom dia.

BRANCAMAR disse...

Olá Tulipa,

Faço minhas as palavras da Elvira, que é uma mulher sábia, pura, amiga.
Todos temos momentos de lágrimas e esses momentos doem e parecem longos, mas um dia chegamos à conclusao que não vale a pena chorar sobre o leite derramado.
Hoje vi num comentário uma frase muito interessante que dizia "a dor é inevitavel, mas o sofrimento é opcional".
Nós sabemos que é assim, mas apesar do tema ser triste o poema é muito lindo, momentos que fazem parte do percurso de alguns de nós.

Beijinhos

Elisa T. Campos disse...

Lindo poema
Lágrima de alegria ou lágrima de tristeza, além de limpar sempre tem um caminho em comum o de reacender
o olhar.
Oportunos,a foto e o poema
bjs

Sonhadora disse...

Minha querida

Hoje passando para oferecer o meu selinho de 2 anos de blogue, feito com o carinho das vossas palavras.

Beijinhos
Rosa

elvira carvalho disse...

Passei. Na ausência de um novo tema , deixo um abraço e votos de bom fim de semana

Secreta disse...

Das lágrimas que rolam sem parar...

... disse...

uma lágrima quejunto á tua emnome de tanta coisa, tanhos sonhos que não vivi.
uma lágrima aos desencontros...

um beijo meu.