04 julho, 2011

Medo de ficar ou partir...

Este jardim anda um pouco abandonado, porque ando sem tempo ou vontade de escrever...mas de vez em quando passo por aqui para cuidar um pouco deste canto...


Gostava de te ter conhecido antes

Muito antes, num tempo sem memórias

Em que tudo era mais simples

Em que não haviam marcas

Nem cicatrizes de dores passadas

Em que ainda acreditávamos

Nas palavras feitas promessas

 Nos sorrisos inventados em rostos sinceros

Agora tudo parece diferente

As cicatrizes de marcas passadas

Marcam no peito como ferro quente

Em brasa de um amor abafado

Pelo medo de ficar ou partir.
um abraço de carinho a todos que ainda vão passando por aqui, apesar de ser um jardim quase vazio de novidades, de palavras...
tulipa

8 comentários:

... disse...

muito para além de lindo, este poema, é uma verdade.

nem sabes como o senti ao ler-te. li-me.foi muito profundo.

muitos beijinhos.
continua a regar o teu cantinho :)

Dark angel disse...

Tulipa,
Acabo de conhecer o teu espaço, e a tua escrita. Sabes, as pessoas são a soma de tanta coisa... e é isso o que as torna mais ricas... vê a coisa desta maneira, porque senão fica tudo mais difícil.

Beijinho.
Posso seguir o teu cantinho?
:)

csa disse...

Como a compreendo. Uaf!

Secreta disse...

Este teu jardim continua a ser encantador... ainda que "tratado" por ti com menos frequencia.
Um beijito.

elvira carvalho disse...

Posso pedir um favor? Não abandone. Ainda que leve mais tempo ausente.
Quem escreve como a amiga não deve privar os outros do prazer de a ler.
Um abraço e tudo de bom

Sonhadora disse...

Minha querida

Voltando devagar e deixando um beijinho carinhoso com saudades.

Sonhadora

Secreta disse...

Passei para deixar-te um beijito... e para dizer-te que espero que tudo esteja bem contigo. Para dizer-te também, que não esqueço o teu jardim.

Fernanda disse...

Não conhecia o jardim, por isso sou suspeita, mas pelo que aqui li hoje, merece uma promessa!
Voltarei e tentarei ajudar a que o jardim de torne lindo e frondoso.

Continue, por favor.

Beijinho