27 julho, 2011

Queria...


Queria…

Queria olhar teu o rosto
Sentir o calor do teu beijo
Ouvir sussurrar o meu nome
Num gesto de amor e querer.

Queria sentir o teu abraço
Apertado contra o meu peito
Num silêncio de palavras
Numa brisa de sentimentos.

Queria ser tua deusa
Num mundo imaginário
Contornar o teu rosto
No imaginário abraçado.

um abraço tulipa

04 julho, 2011

Medo de ficar ou partir...

Este jardim anda um pouco abandonado, porque ando sem tempo ou vontade de escrever...mas de vez em quando passo por aqui para cuidar um pouco deste canto...


Gostava de te ter conhecido antes

Muito antes, num tempo sem memórias

Em que tudo era mais simples

Em que não haviam marcas

Nem cicatrizes de dores passadas

Em que ainda acreditávamos

Nas palavras feitas promessas

 Nos sorrisos inventados em rostos sinceros

Agora tudo parece diferente

As cicatrizes de marcas passadas

Marcam no peito como ferro quente

Em brasa de um amor abafado

Pelo medo de ficar ou partir.
um abraço de carinho a todos que ainda vão passando por aqui, apesar de ser um jardim quase vazio de novidades, de palavras...
tulipa