27 junho, 2010

duvidas

Ontem fui ver um espectáculo da Teresa Salgueiro, goste-se ou não, a qualidade da voz parece ser uma verdade sem dúvidas. Um bonito espectáculo!



Não cantou um dos meus fados preferidos porque esse pertence ainda ao seu passado enquanto elemento dos Madredeus. O fado das dúvidas!




Hoje pela manhã e porque o sono fugiu cedo e o Sol ainda não despertou, relembrei tudo isso e escrevi este pequeno poema, cheio de dúvidas...



Dúvidas
Que correm nas veias
Que assobram cada certeza
Que abraçam cada gesto
Que negam cada caminho.

Dúvidas do hoje e do amanhã
Dúvidas se voltarei a braçar
Um amor despedaçado
Em bocados de juras eternas.

Dúvidas se hoje verei o sol
Ou sentirei a chuva a correr-me
Pelo corpo lavando as poeiras
Das dúvidas que dormem a meu lado.

Dúvidas se um dia sentirei a legria
De um amor que renasce das cinzas
Que fomos destruindo em cada gesto
Em cada palavra calada ou sentida.

Dúvidas e mais dúvidas
Que assombram o Ser humano
Que caminham no invisivel
De cada angústia percorrida.

 
um abraço tulipa

10 comentários:

RETIRO do ÉDEN disse...

Bonito tema e poema.
A voz inconfundível e sem dúvidas de TSalgueiro.
Abraço e desejo um Santo Domingo
Mer

A.S. disse...

É sobre as dúvidas que se controem as certezas! Começa por acreditar em ti própria!

Beijos
AL

g disse...

Concordo com a A.S. é mais fácil duvidar!

Muda a página,

Bj

Lilá(s) disse...

A ultima vez que a ouvi ao vivo foi no Castelo de S. Jorge há cerca de 2 anos, naquela ambiencia a sua voz era de sonho...
Bjs

Valéria Gomes disse...

Linda voz, lindo poema, triste dúvida!!!

Beijos na alma!!!

Dantins disse...

Eu gosto imenso da Teresa Salgueiro, mas devo confessar que para mim a voz dela só faz sentido em Madredeus.

Apenas eu disse...

Olá!

Bela voz...

dúvidas... quem as não tem?

um Beijo

Pedrasnuas disse...

GOSTO DA TERESA SALGUEIRO MAS NÃO MUITO...É UMA VOZ MUITO FININHA...APRECIO MAIS AS VOZES ROUCAS...É UMA QUESTÃO DE GOSTO...
QUANTO ÀS DÚVIDAS ...TODOS TEMOS AS NOSSAS...DE QUALQUER FORMA NÃO SE PODE DUVIDAR EXCESSIVAMENTE DE TUDO...SE UM CAMINHO É PREJUDICIAL,SE CAUSA MAIS DOR QUE ALEGRIA...O MELHOR SERÁ REPENSAR

AFINAL TAMBÉM HÁ MUDANÇAS POR AQUI...DE SEXO NÃO...:)))

AGORA SEM SOMBRA DE DÚVIDA DEIXO-TE UM BEIJINHO E BOA NOITE

Jacarée disse...

Linda foto...
"Dúvidas..." nasceu um belíssimo
poema.
Palavras sábias, de quem deambula entre a poesia com todo o prazer e desenvultura.
Bjs

Secreta disse...

Tem uma excelente voz, sem duvida!
Beijito.