22 janeiro, 2010

caminhante solitário


Nas vitórias, nas derrotas, sinto-me muitas vezes um caminhante solitário.
Ontem senti ( quase) isso...mas cheguei ao fim da caminhada! Mas olhei para o lado e vi poucas pessoas ao meu lado...


um abraço
tulipa

17 janeiro, 2010

caminhada....


Nesta caminha chamada vida


Eu sou actriz principal

De um personagem inventado

Sou o piloto do meu caminho

Dos meus sonhos

Das minhas tristezas



Sou a personagem principal

Na vida que escolhi

Na vida que levo

Na brisa do vento

Na brisa das palavras

Que digo e calo



Sou o viajante

De uma vida por descobrir

A fada, o mágico

Que nem sempre tem a solução

Na varinha de condão



Esta semana terminarei uma caminhada da minha vida....uma caminhada de 2 anos e pouco..., uma caminhada dificil com alguns incidentes, com muitos desânimos...mas está a chegar ao fim!

Mas pergunto-me para que serviu? Em que irá mudar a minha vida em nada!
Já agora que termine depressa porque não aguento mais esta pressão....

um abraço
tulipa

09 janeiro, 2010

Um dia desses...



Hoje caso por acaso nos mimos da manhã , com o meu filho ouvi esta música e achei tão divertida ....
E consegui colocar um video no blog Ioll , que não era coisa fácil para mim rsr

Um dia desses , tudo muda e eu ainda caso com voce rsss ( diz a canção)

Um abraço e bom fim de semana!!!
Tulipa

03 janeiro, 2010

ano novo...vida velha..


" A amizade é como o mar vê-se o principio  mas não se vê o fim"


Como  tantas outras coisas na vida:  o amor , o dia, a noite, o ano que agora começa...sabemos como começou ,  mas não sabemos como irá terminar...
Nunca vemos o fim...podemos tentar adivinhar, contruímos cada momento, cada vitória...mas a vida é uma dúvida constante!

O ano é novo, mas, a  vida essa é velha...e amanhã de manhã tudo volta ao mesmo....as mesmas angústias, dúvidas, medos, as mesmas lutas, os rostos de sempre, vidas que se cruzam e descruzam...vidas que nascem...vidas que partem....

Tudo na vida tem um começo e um fim...que desconhecemos...mas tentamos construir,  adivinhar e agarrar como se da verdade se fosse a minha verdade, a tua verdade, a nossa verdade...

Um abraço e  um bom ano....
Tulipa