08 novembro, 2009

porque...







Porque chora o dia?
Porque choram os teus olhos?
Porque não acordou o Sol?
Nem o sorriso no teu olhar’


Porque saltou o rio a margem?
Porque se agita o mar
Porque deixam destruição
No seu rasto, silêncio e dor?



Porque vagueia à chuva
O sem abrigo na sua solidão?
Porque não há um abraço
Um sorriso que acarinhe cada
Rosto que hoje não sorriu?

Porque chegou a noite tão cedo?
Veio fria e triste,
Marcou no teu rosto
Um olhar de desespero e silêncio
De quem tão pouco para cuidar
E tão pouco para perder.



um abraço
Tulipa

12 comentários:

Sereia disse...

Boa noite...
Bela postagem..
Uma linda noite

Apenas eu disse...

Excelente post.
Triste sim. mas muito sentida.

Um beijo meu

Lilá(s) disse...

Bonito e sentido post!
m beijinho

clic disse...

Porque, daqui, só conseguimos ver uma das faces da lua... :)

abraço

Maria Tuga disse...

Um abraco de bem longe.
Puerto Madryn, 1500Km a sul de Buenos Aires. Hoje fui ver os pinguins, focas, elefantes marinhos, baleias..
Bj

Secreta disse...

A vida tem tantos porquês ...

Pedrasnuas disse...

JÁ PENSASTE QUE EXISTEM MUITAS PESSOAS PELO MUNDO FORA QUE FAZEM ESSA MESMA PERGUNTA :

P O R Q U Ê ?

ABRAÇO

Jacarée disse...

A vida é cheia de mistérios...
Borrifes de Jacarée

Sereia disse...

Desculpe o meu sumiço mas é por motivo de força maior(provas)
Eu volto logo.
Bjssssssssssssssssssssss

Sereia disse...

Desculpe o meu sumiço mas é por motivo de força maior(provas)
Eu volto logo.
Bjssssssssssssssssssssss

Secreta disse...

Aperto no coração...

Carla Santos disse...

Gostei do poema..
A vida é um "Porquê?"..