30 novembro, 2009

Marés de Poesia




Marés de Poesia , vai ser o meu primeiro livro  de poesia , a apresentar no dia 12  de Dezembro pelas 18h na Biblioteca Municipal de  Ílhavo.

Gostaria imenso de contar com a vossa presença e com o vosso apoio.

um abraço a todos que me ajudaram a dar este passo

tulipa


















20 novembro, 2009

abismo ou paz...



Um momento de desespero, dor, solidão...
Um momento de silêncio que percorre por dentro e por fora
A sensação de perda, de abismo, de paz , de serenidade...
Um tempo sem saída....

um abraço tulipa




08 novembro, 2009

porque...







Porque chora o dia?
Porque choram os teus olhos?
Porque não acordou o Sol?
Nem o sorriso no teu olhar’


Porque saltou o rio a margem?
Porque se agita o mar
Porque deixam destruição
No seu rasto, silêncio e dor?



Porque vagueia à chuva
O sem abrigo na sua solidão?
Porque não há um abraço
Um sorriso que acarinhe cada
Rosto que hoje não sorriu?

Porque chegou a noite tão cedo?
Veio fria e triste,
Marcou no teu rosto
Um olhar de desespero e silêncio
De quem tão pouco para cuidar
E tão pouco para perder.



um abraço
Tulipa