15 janeiro, 2009

seis anos...


Seis anos se passaram desde o dia em que chegaste a este mundo, pequeno, ligeiramente adiantado em relação ao tempo previsto e sempre te considerei “ um acidente de percurso” , já tanta coisa estava perdida na minha vida, há muito tempo que sabia que o teu pai não era o príncipe encantado saído do conto de fadas…e no meio de algumas confusões tu vieste ao mundo…sem ser desejado… mas aprendi amar-te como amava o teu irmão.
Cada aniversário teu , não consigo deixar de mexer no baú das memórias…ainda não tinhas feito um ano de vida, quando tudo mudou…como se uma vida se tivesse apagado e outra nascesse no meio dos escombros….no meio das ruínas….a vida ficou divida entre o antes e o depois…
Vieste te juntar a uma família , normal, de acordo com a lei, mas ainda não tinhas um ano, quando tudo se desfez , ficámos apenas os três…eu e duas crianças pequenas, sem casa, com muitas dúvidas, muita gente a desconfiar de mim, acusações, medos…e eu perdida entre a razão e o sentimento …há momentos da minha vida que quase apaguei pela dor que passei, que não consigo lembrar com precisão…outros que já mais esquecerei.
Ao longo destes seis anos…tanta coisa mudou… e tu tornaste-te num rapaz forte, reguila e nem sempre fácil…és um menino muito especial…e difícil…durante muito tempo me culpei por culpas que talvez não tenha tido…
Ficas tão feliz quando que fazes anos! Tão eléctrico …mas essa é a tua característica principal …um problema que nasceu contigo….e eu nem sempre tenho consigo ser capaz de lidar com isso, porque a vida tem sido reconstruída pouco a pouco...e como todas as vidas….nem sempre tem sido fácil!
Filho , Parabéns! Há medida que vos vejo crescer …sinto que aos poucos se vão afastando de mim… os vossos pés vão percorrer outros caminhos...mas acredito que ainda vou ser por muitos anos a “ quica” da vossa vida.
Desculpem se às vezes não tenho tido a paciência que vocês , tu , exigem de mim….mas é tanta coisa , tantas preocupações, tantos imprevistos, tantas dores…mas acreditem que o amor que vos tenho é único! Não há amores iguais , e o amor de mãe é diferente de todos os outros! Cansativo mas bonito! Tão bonito!
Um abraço meus campeões
tulipa

18 comentários:

a disse...

Um beijo de Parabéns para o Campeão!

E outro para a mãe forte e corajosa que ele tem.

Um abraço nosso.

orquídea disse...

Beijocas para o reguila e parabéns a ele e à mãe!

Um abraço.

NAFTAMOR disse...

Um abraço para

o campeão

a "Mãe"

e realmente não há 2 amores iguais, este nunca foi meu.

estrelaminha disse...

boa tarde!
nós, as mães, pensamos que não damos o suficiente, pois o desejo que tudo corra pelo melhor e que nada lhes falte é insaciável. porém é impossível concretizar o que é pedido, somos seres humanos e temos limites.
muitos parabéns à mãe e ao filhote.
beijos

Pedrasnuas disse...

"A alma do que "Trabalha" sente-se orgulhosa e satisfeita porque vê que cumpre um dever"
Ser MÃE é muito mais que um dever!
Ser MÃE não é ser perfeita!
Ser MÃE é ser pessoa.
Aquela que dá tudo de si...que tem defeitos e virtudes...que pede desculpa quando é necessário!
Ser MÃE é para toda a vida!!!

TU ÉS MÂE!

Um forte abraço parsa ti Tulipa que tens feito o que podes e sabes para seres uma verdsdeira MÃE!

Placi disse...

Parabéns aos dois!
E quantas mães sentirão tudo o que tu sentes ou sentiste.
Eu e mais umas milhenas delas... digo eu
beijo

CC disse...

Parabéns a ambos.Que o amor perdure sempre.é a Fonte de Vida.

um beijo

Parapeito disse...

e os teus campeões vão crescer a ter orgulho da mãe que tem...
porque detrás de" grandes campeões "há sempre uma grande mãe...

***
parabéns***

Fernanda disse...

É, o único amor que é incondicional...:))
Aquele, que em vez de diminuir,...vai aumentando até ao último dia da vida de cada mãe.

Um abraço aos campeões e à mãe dos campeões...:)

Um bom fim de semana

Dantins disse...

Parabéns à mamã orgulhosa e ao filhote lindo.

Um bom fim-de-semana.

OUTONO disse...

Sorrio...perante a tua felicidade ímpar.

Aqui o teu amigo Outono, já avô ...beija o teu sonho...e empurra-te para uma felicidade merecida.

Nunca há cansaço, nas carícias a esses campeões da nossa razão de viver!

Adoa disse...

Parabéns aos dois!

Crystal disse...

Muito belo o teu desabafo, corajosa a forma como assumes as dores e as dificuldades passadas e presentes. Acima de tudo isso está o amor, não tanto o que escreves mas principalmente o que transpareces nas entrelinhas de cada auto-critica. Não é fácil colocar em palavras certos sentimentos, a humildade e simplicidade prova que és com certeza, uma boa mãe para os teus filhos e eles, de certeza não têm a menor duvida disso. Parabéns (aos três)

Bj

as velas ardem ate ao fim disse...

Ainda que atrasados muitos parabéns aos 2!

Emocionaste me.

bjo

Apenas eu disse...

parabéns. muitos parabéns. a Ti e aos teus campeões.
Ser Mãe não é tarefa fácil, ser Mãe em determinadas circunstâncias de que nos falas é quase uma missão impossível, mas tudo isto só prova que és uma Mulher de Armas.
Deixaste-me arrepiada.
Também sou Mãe.

Um beijo enorme e tudo de bom.

M. disse...

afortunada TU
e
afortunados eles.


Beijo Tulipita

(acredita que vou estando mesmo parecendo ausente. apenas um tempo complicado)

Deusa e Rainha disse...

Parabens! Desculpa o atraso...mudanças de jardinagem... Bjs

BlueVelvet disse...

Nem tens ideia como este post me tocou.
Brava mulher.
Grande mãe.
Muitos parabéns para o teu filhote e para ti e força.
Beijinhos