22 janeiro, 2009

Escuridão da Noite


A noite escureceu
A chuva cai,
A tristeza habita em mim
Preocupações,
Medos , angústias
Dúvidas
Palavras que saem
E ferem
Sorrisos que se escondem
Em lágrimas perdidas
Às vezes fico perdida
Sem saber por onde caminhar
Por onde seguir
Perdida nas dúvidas
Nos imprevistos na vida…

Olho a noite escura
Que parece sentir a minha dor
E se vestiu de luto
Para comigo em silêncio
Viver a tristeza!

Não sinto capacidade para trabalhar
Aptecia-me parar um pouco
Não posso, não tenho tempo...

Um tempo que invento e reenvento
no labirinto da vida
Queria ter paciência para vocês
Nem sempre consigo.


Queria entender o teu sofrer
E ter sempre um abraço apertado
Mas calo o que sinto

E deixo sair palavras…perdidas

Como eu...

Sinto-me perdida no vaguear da noite...

Há tantas decisões, preocupações...

Às vezes só queria um sorriso teu...

e um abraço...

Mas as palavras saem perdidas

e ferem sem intenção....

no silêncio que fica no

noite escura,



um abraço na escudirão da noite...

tulipa

10 comentários:

Valsa Lenta disse...

Já alguém dizia que o "único medo que temos a temer é o nosso próprio medo!"

Nem sempre os acontecimentos da vida são fáceis - contudo, erga a cabeça e siga em frente!
Por momentos não receie de ser quem é, de sentir como sente, de sofrer como sofre, de amar como ama. Não tenha medo e não tem mal as quedas que damos.

Felicidades

Apenas eu disse...

tanto medo... tanta escuridão... tanto amor e ternura a preto e branco...
gostava de poder dar um pedaço do meu sol...
mas deixo-te aqui um abraço pleno de luz e de carinho, quem sabe assim as tuas noites são mais curtas e a tristeza se vai?

Beijo meu

Pedrasnuas disse...

Tulipa há momentos de tempestade na nossa vida!!!!
Eu compreendo-te perfeitamente!!!!
Pensa que depois vem a bonança!!! Concentra-te nisso! Mesmo que te sintas a sangrar na alma .ACREDITA que há-de passar e o sol sorrir-te!!!!
Um abraço
Coragem!!!!!!!!!

Fernanda disse...

Faço minhas as palavras da PedrasNuas.

É, apenas, um tempo...um tempo dificil, todos sabemos e todos um dia, duma maneira ou de outra, acabamos por passar por essa escuridão, por esse medo de não termos a certeza de conseguir, de sair...
Mas, a verdade, é que o azar, a tristeza e a infelicidade, não duram eternamente.
E, ainda bem que assim é...:)
Ela,...está lá,...é só uma questão de tempo,...até avistarmos a luz ao fundo do túnel.

Um abraço de quem, também, já passou por isso.

g disse...

Lá diz o ditado "A noite não é boa conselheira".

Nada como amanhecer para tudo se renovar, a esperança, as ilusões, as realidades do dia a dia, não penses muito à noite, descansa para que te corra melhor o dia.

Fernanda disse...

Minha desconhecida "amiga" Tulipa..
porque a anseia que temos de a ver,...é demasiado grande,...a pressa que temos em a sentir, finalmente, na nossa vida outra vez,...é tão cheia de impaciência e de dúvidas,...que o tempo, para nós,... torna-se desgraçadamente lento...
Mas, a verdade...é que ela um dia aparece,...e nessa altura, o que foi,...já não é um problema, mas, apenas, uma recordação.

Um abraço

M. disse...

És humana tão somente.e isso carece de qualquer explicação ou desculpa para com os outros sobretudo quando o nosso canto escuro nos é preciso por um tempo, dure o que durar a noite.

Beijo Tulipa

e não esqueças... quero saber :)

Segunda impressão disse...

"Mas as palavras saem perdidas
e ferem sem intenção...." Totalmente humano e sensível o seu post!

Deusa e Rainha disse...

Um abraço sincero. Força. Bjs

BlueVelvet disse...

Toma cuidado com a noite. Não lhes confiança, porque ela pode ser bonita, mas também muito traiçoeira.
Tenta pensar nos teus problemas de dia.
É sempre mais fácil.
Beijinhos