13 dezembro, 2008

Encruzilhada da vida


" Devemos habituar-nos a isso:nas mais importantes encruzilhadas da vida, não existe sinalização." Ernest Hemingway
Nem sempre é fácil...tantas dúvidas pairam no ar...por onde ir? Que fazer?...
Se fosse hoje....mas a vida não volta atrás....e naquele momento teve de se tomar uma decisão, fazer uma opção...
Certa ? Errada? Foi a decisão que nos pareceu mais correcta no momento...às vezes a vida ensina-nos que pode não ter sido a que nos fez mais feliz...mas temos de seguir enfrente, nem sempre se pode inverter a marcha e recomeçar de novo!
Que dava jeito umas setinhas e uns proibidos dava !!! Mas talvez a vida perdesse muito da sua magia ...imprevisibilidade...mas também pouparia algumas mágoas....tristezas....até algumas lágrimas
um abraço
Tulipa

9 comentários:

Caramela disse...

E mesmo assim aprendemos tanto com essas mágoas, tristezas, lágrimas que apesar de tudo prefiro as encruzilhadas sem setinhas ou proibidos. A magia da vida é bem importante.
Um abraço

Fernanda disse...

A vida é feita de escolhas, de opções, de decisões...certas ou erradas,...não interessa,...o importante, é nunca nos arrependermos por não termos feito, por não termos dito, por não termos vivido.
Tudo passa,...até a vida..:)

orquídea disse...

e é tão mais fácil decidir depois de já termos decidido. Tão mais fácil falar em coragem para tomar opções do que depois seguir esta mesma coragem. A vida pode não ser complicada, mas nós, as pessoas, somos complexas.
Beijo. Espero que esteja tudo bem consigo.

Verónica disse...

Nas encruzilhadas da vida realmente não existe sinalização.Parece confuso ver-se diante de vários caminhos e não saber para onde ir!
Acho que todos alguma vez nos vimos atordoados com a opção a tomar.Mas, se tivermos metas delimitadas e soubermos realmente o que queremos, vamos saber decidir. O fundamental é conhecer-se a si próprio.Conhecer-se é uma grande vantagem.Hesitamos menos vezes!
A bussola está na cabeça! Um bom marinheiro não se faz ao mar correndo o risco de se perder e talvez morrer.
Um abraço

Nota : Adorei a fotografia

Ler disse...

Linda foto.
Ainda bem que não existe sinalização na nossa vida!!!
A vida é mesmo uma encruzilha!
Como é bom viver a vida.
Um beijinho.

tulipa disse...

Verónica:
Desculpa discordar, mas muitas vezes o marinheiro faz-se ao mar sabendo que corre sérios riscos de vida.
E quem já não correu riscos , desses na vida? às vezes a força do desafio é maior!!!


tulipa

Verónica disse...

Certo Tulipa.Tens toda a razão!De qualquer forma há riscos desnecessários,era isso que queria dizer.Expliquei-me mal. Ninguém embarca sem se preparar minimamente.Certo?
Mas obrigada por discordares!
Eu já enfrentei muitos desafios e e feri-me imenso, chorei e voltei a caminhar e caí de novo na mesma teia e voltei a chorar!Hoje, tomo mais precauções...arrisco mas com cautela.É lógico que não se pode medir tudo,é impossível.Contudo, há previsões que anunciam temporal ou becos sem saída e se uma pessoa continua cega,com certeza vai ter de assumir as consequências dos seus actos.
Um grande beijinho

kris disse...

quem me dera que tivessem bem sinalizadas todas as saídas, todas as curvas, todas as encruzilhadas...e que estivesse ainda mais bem sinalizado e visível o caminho correcto a seguir...mas devo ter batido com a cabeça no sinal, ou então era de noite....tou um cadinho perdida.
tanto sofrimento que teria evitado para mim e para terceiros....tanto....

enfim.....

beijo*

Valsa Lenta disse...

Os riscos, os medos, os sorrisos,as alegrias, o amor... todos eles dão sabor e sentido à vida.

A vida só a temos uma vez! Vale a pena vivê-la com intensidade e sentido de responsabilidade, sempre!

Felicidades