30 dezembro, 2008

Que reviravolta dá a vida!!


Quando escrevi o útimo texto há dias pensei que era mesmo o último ...contra tudo o que poderia pensar estou deitada numa cama do IPO para ser operada à manhã ...uma boa entrada de ano!

Ainda ao meio dia , planeava ir abanar o capacete...até beber um copo para animar...uma chamada , uma simples chamada mudou tudo....alguém que era para ser operdo " foi chumbado" eu como era a seguir...às 4h da tarde passeava eu ...com a minha familia tinha ido buscar os bilhetes para o concerto de ano novo...e um telefonema tudo mudou!

Tinha de vir ainda hoje até às 19h...e aqui estou a matar o tempo e a tentar não pensar no que poderá acontecer....aproveitar as novas tecnologias....para relaxar.

Lá fora o alvoroço do fim de mais um ano...já se faz sentir....aqui dentro o silêncio de quem vai estar afastada de festas e euforias....

Apenas quero agradecer a todos os amigos que já souberam e já me ligaram , mandaram mensagens...a ti minha colega e amiga, por ainda me ires dar um abraço quando as lágrimas caiam de surpresa...de tristeza...


Voces meus pequeninos...prometo que voltarei de pressa e que para o ano estaremos todos juntos Tantos beijos me deram...

Agarrei nas minhas mão uma lágrima que queria cair...desfi-la num sorriso!

E mesmo assim brindemos a 2008, mesmo sem champanhe...a vida é cheia de surpresas...e imprevistos...

um abraço a todos

tulipa

27 dezembro, 2008

Insónia...novo ano...



Hoje a insónia bateu à porta e mesmo sem autorização foi se instalando , percorreu a minha mente meu corpo e não o deixou repousar. Tentei mandá-la embora, tentei que partisse mas ela teimou em deitar-se ao meu lado…e ali ficámos as duas…eu a tentar esquecer a sua presença, ouvi música, levantei, deitei…pensei e repensei pensamentos que nem guardei…
Desisti ! A insónia venceu!
Vim para o meu refúgio favorito e perder-me entre a escrita , nem sei do que quero falar…basta-me apreciar paz que a noite trás. O silêncio que nem sempre tenho durante o dia.
A noite uma companheira traiçoeira em que tudo parece correr nos maiores dos mistérios…a noite que envolve os amantes no seu manto …e nela também dizem acontecer os maiores desentendimentos…A sua escuridão, o seu silêncio trazem felicidade…infelicidade…Há vida de noite, para que o dia possa funcionar!
Agora que a euforia do Natal começa a ser uma página virada, o bolo rei e as rabanadas deixam de ser os reis das mesas, é tempo de balanços…e muitos planeiam já a despedida do velho ano com uma grande festa, como se o virar do calendário …virasse a vida ao contrário...as preocupações, os medos , as tristezas, fossem fechadas no livro de 2008.
Faz parte da tradição traçar projectos, tomar decisões que há muito se falavam mas não havia coragem para as tomar …com o virar da página…tudo parece florir de novo.
Não sou dada a balanços ou a grandes desejos…mas como manda a tradição como as doze passas e peço doze desejos ( ou seja repito …a meio já me perdi…)!!!
Mas enquanto lutava contra a insónia, tentava recordar este ano já velhinho e cansado mas confesso que não me lembro de muitas coisas, parece que são todos uma repetição uns dos outros …Acreditava que iria ser um ano de muitas mudanças , acreditei que algo iria acontecer como uma brisa fresca e iria dar um colorido diferente à minha vida …mas confesso que pouco aconteceu! Apenas momentos! Um ou outro momento que preenchem os dias…que afinal são a vida!
Na vida surgem as rajadas, as marés altas que parecem arrasar cada bocadinho , cada momento vivido, este ano foi complicado nesse sentido…o vento bateu forte algumas vezes querendo estilhaçar cada bocadinho da paz e serenidade com que tento preencher os meus dias.
Foi um ano complicado não o nego, a vários níveis…foi um ano em que muitas vezes pensei que não era capaz de levar um barco tão pesado a bom rumo, desviei algumas vezes a rota, as velas esfarrapadas no chão …pareciam já não ter conserto, mas vinha um dia e voltava ao mar….misturando na água salgada o doce das minhas lágrimas….
Sei que 2008 não é um livro fechado, muitas histórias, situações, passam para o novo livro que dentro de poucos dias se abre com champanhe, festa, fogo-de-artifício, abraços e votos de feliz ano….
Talvez 2009 não seja ainda o ano das tais mudanças, da tal paz que tanto desejo…mas mesmo assim acredito nos momentos…que ele me pode trazer…na minha vontade que não deixo morrer…embora por vezes fique um pouco adormecida…
Sejam quais forem os problemas as angústias, as dores, os problemas….vamos erguer as velas…brindar 2009 com alegria… mesmo sabendo que muitas vão ser as contrariedades …mas por agora mais vale deixá-las perdidas nesta noite de insónia…
Vou brindar 2009, 2010…os anos que forem precisos e em cada um deles colocar um alicerce para finalmente um dia sair para a rua e Gritar “ SOU FELIZ” ! Os Sonhos tomaram forma!
Obrigado 2008 por o bom que me deste, obrigada a todas as pessoas que tiveram do meu lado, às que transitaram dos outros anos e fazem parte da minha vida, às novas que se cruzaram comigo e adquiriram também o seu lugar. Afinal há sempre lugar para mais alguém…cada um deixa um bocadinho de si e leva um bocadinho de nós…para um dia sermos lembrados!
Obrigada a todos que passam por estes jardins que embora proibidos estão abertos a todos. Sejam felizes!
O sono continua a vadiar por aí…talvez perdido num bar da cidade… e perdeu o rumo ...porque teima em não chegar….Daqui a pouco está amanhecer e vou ter mesmo que me levantar para fazer frente ao dia!
Feliz Ano e já agora sem insónias….

Até para o ano… brindemos a 2009! Que em breve nascerá...

tulipa

19 dezembro, 2008

olhos tristes...


Teus olhos tristes, alegres eu os quero ver.
Quando os teus olhos choram o meu coraçao entristece...
Um resto de Sol no mar ao anoitecer deita-se...
Como uma brisa que teima em ficar...
Mesmo quando tudo parece triste

As luzes brilham nas ruas
O luar teima em ficar num mundo
que é meu , que é teu.
Volta, com um sorriso.

Porque o que construirmos
será o nosso mundo!
Com lágrimas ou sorrisos
será esse o nosso mundo!


Sinto uma tristeza
quando as luzes piscam na rua
dando bilho a ruas outroras apagadas
mas os teus olhos continuam
tristes e sem brilho.

Uma tristeza que vive
espalhada por aí.
em ti
em mim
num brilho que deixamos apagar.


Na noite de Natal
cada um vai para o seu lado,
O sorriso apaga-se
e vive-se na fantasia
de um dia feliz!



É o preço que pagamos por não
sermos uma familia " normal"
Feliz Natal para todos!
talvez não volte antes
quero te ver sorrir...
ver-me sorrir...
ver sorrir a nossa familia
e por apenas um dia ficará longe.



tulipa

13 dezembro, 2008

Encruzilhada da vida


" Devemos habituar-nos a isso:nas mais importantes encruzilhadas da vida, não existe sinalização." Ernest Hemingway
Nem sempre é fácil...tantas dúvidas pairam no ar...por onde ir? Que fazer?...
Se fosse hoje....mas a vida não volta atrás....e naquele momento teve de se tomar uma decisão, fazer uma opção...
Certa ? Errada? Foi a decisão que nos pareceu mais correcta no momento...às vezes a vida ensina-nos que pode não ter sido a que nos fez mais feliz...mas temos de seguir enfrente, nem sempre se pode inverter a marcha e recomeçar de novo!
Que dava jeito umas setinhas e uns proibidos dava !!! Mas talvez a vida perdesse muito da sua magia ...imprevisibilidade...mas também pouparia algumas mágoas....tristezas....até algumas lágrimas
um abraço
Tulipa

10 dezembro, 2008

Um desafio...mais um...

1. 1 - Pedem-nos para colocar uma foto individual nossa





E mais um desafio chegou:

mots a la bouche desafiou e eu aceitei:

2-Escolher uma Banda/Artista: Não sou muito de ter bandas ou artistas favoritos vou mais pelas músicas mas já que tenho que escolher um vou para um português : Rui veloso

3 - Responder às questões somente com títulos da Banda/Artista escolhido: nao deve nada fácil!!

a) Ès homem ou mulher? Embalagem de Damas

Descreve-te: O prometido é devido

O que as pessoas acham de ti? Cavaleiro Andante

Como descreves o teu último relacionamento: O primeiro Beijo

Descreve o estado actual da tua relação: Eu não existo sem você/ Paixão

Onde querias estar agora? AIlha

O que pensas a respeito do amor? Já não há canções de amor

Como é a tua vida? Paixão/ Intervalo

O que pedirias se pudesses ter só um desejo? Todo o tempo do Mundo

Escreve uma frase sábia: A Gente não lê



E convidar 4 blogs :
O Cheiro da Ilha
Alma Gémea
Maria Papoila
Lieratura infantil

Para distarir
um abraço
Tulipa

07 dezembro, 2008

saudades das músicas de outros tempos

Às vezes deixamo-nos levar pelos pensamentos do passado ,
talvez seja a chuva,
Estes fins de semana prolongados com muito trabalho, alguma preguiça...
Levam-nos a vaguear no tempo, a perderem-nos por músicas de outros tempos.
Viagei até aos tempos do liceu em que adorava esta música que hoje já nem conhecia o nome...talvez na altura nem soubesse o significado de algumas expressões, numa altura em que o sonho ainda comandava a vida,
Em que a vida parecia não ter limites,
Nem conhecia o significado de algumas expressões ,
Como se perder na vida, viver na solidão,
Casar e "descasar" porque acreditava que tudo era eterno...
Pensava comandar o " trem " da minha vida e hoje passadas algumas dezenas de anos... percebi que o trem da minha vida nem sempre seguiu os trilhos por mim sonhados ou delineados...
Na " romaria " da vida...sinto-me uma caipira...nesta sociedade...com a qual sempre me identifico... mas na qual tento viver e adaptar-me...
...na chuva do silêncio da noite...nas músicas de outros tempos...
um abraço
tulipa ( clicar no título)

02 dezembro, 2008

O desafio...

Recebi um desafio de Dantis e Mots a la bouche que achei muito engraçado!
Então aqui vai:
O livro é o que está na mesa de cabeça:
Guilaume Mussa- " Porque te amo" e a frase é : " À minha volta , as nuvens perdem a sua alvura, transformando-se em vapor , púpura , fervente, asfixiante."

Uma frase interessante...

As regras são:
1. Agarrar o livro mais próximo.
2. Abrir na página 161.3.
Procurar a 5.ª frase completa.
4. Colocar a frase no blog.5.
Não escolher a melhor frase nem o melhor livro!!! Utilizar mesmo o livro que estiver mais próximo.
6. Passar a 5 pessoas.

Vou passar o desafio:
Maria Papoila
Fiel de Jardineira
Parapeito
Tufatau
Literatura Infantil

Um abraço e continuem o desafio!!
tulipa