26 setembro, 2008

saudades de ti..

Deitadas lado a lado
De mão dada
Enroscaste – te no meu abraço
Dormitavas em silêncio
Eu olhava os contornos
Do teu rosto
Relembrei momentos passados…
Umas lágrimas caíram
Que secaste com beijos…
Sem perguntar nada…
Sabes que sou um ser “ solitário”
Que preciso de chorar no silêncio
E perder-me no tempo

Rebuscar o teu sorriso
Os teus abraços e mimos
Preciso de tempo para mim
Uma solidão acompanhada…
Preciso de ti
Tenho saudades de ti!
tulipa

8 comentários:

fiel.jardineira disse...

Diz-lhe isso... :) Bjs

lisse disse...

O segredo está nessa delicada e inexplicável ternura...

Nesse toque de seda que se faz caricia.
Beijo grande
e a noite mágica que mereces

orquídea disse...

Tulipa, agradeço a sua passagem atenta pelo meu blog. Encontrar o seu foi bom. Esperemos que um dia estes jardins possam todos florir livremente.

Sky Walker disse...

Linda túlipa parece que não estás só com todos esses sentimentos...
Mas o que importa é não desistir
Beijo meu

Pegada na areia disse...

Boa tarde...
Adoro tulipas e adoro mar. Encontrei o teu blog e vou folhea-lo com atenção.
Criei um blog recente,,gostava de opiniões também

se quiseres vai a http://asolpoente.blogspot.com/

Bjs

Maria Papoila disse...

Põe-te a caminho e abraça-a.

g disse...

Ai o amor...

Bjs

M. disse...

Devia virar-se o mundo do avesso
e
nunca existiria a saudade

mas depois onde estaria a voz dos poetas?

Beijo