17 agosto, 2008

O Silêncio




Um silêncio longe da rotina

A montanha e o rio por companhia

A noite fria que nos fazia correr



Um quarto de Hotel

Num mundo só meu

Só teu...

Num mundo construído

Em cada toque

Em cada abraço

Em sorriso rasgado

Em cada palavra...



No silêncio da noite

um beijo

um toque...

Duas mãos entrelaçadas

dois corpos que se unem...



tulipa

5 comentários:

Anónimo disse...

Adorei, estar no silêncio da noite!
Um abraço.

Presença disse...

Estações encarnadas... em carne!
.
.
.
bjo doce

fiel.jardineira disse...

Bonito :) Bjs

lisse disse...

Gostei muito da beleza e bom gosto da fotografia.
Das tuas palavras... ficou-me um arrepio de saudade...
Que o teu f.s. seja marcado por um tempo de harmonia e muito amor

Parapeito disse...

gostei :) da delicadeza ...da ternura do toque..

****